Arquivo | Março, 2010

Líder de DEM tenta tirar a parada de orgulho Gay da Paulista

30 Mar

Principal vereador da bancada evangélica tenta banir a Parada Gay da Av. Paulista

Leonardo M.Saldiva

É um fato sabido de todos os paulistanos que o maior evento turístico da metrópole é a Parada Gay. São cerca de 180 milhões de reais de retorno ao comercio e à rede hoteleira de São Paulo.

O apoio do prefeito ao evento é oficial,  entretanto, o vereador Carlos Apolinário, do mesmo partido de Kassab (DEM), apresentou na câmara um projeto de lei para banir a parada gay da mais famosa avenidade da cidade. O projeto pede que haja apenas três eventos na Av.Paulista: a São Silvestre, o Reveillon e o aniversário da cidade.

Os argumentos usados pelo líder da bancada evangélica da câmara são, primeiramente o impacto nos hospitais na região e, principalmente: “Se a Marcha Para Jesus e a festa do Dia 1.º de Maio já ocorrem no Campo de Marte (zona norte), a parada também pode ocorrer no mesmo local, sem prejuízo à rede hoteleira da cidade”, defende o Apolinário.

Há também aqueles que condenam as atitudes de Apolinário; “O problema não é a Paulista. O problema central é a intolerância de um vereador que demonstra preconceito com quem não é de sua religião”, opina o diretor da Associação Brasileira dos Bares e Restaurantes (Abrasel), Percival Maricato.

O projeto já está nos trâmites da câmara e espera ser votado em breve; enquanto isso a parada gay está marcada para o dia 6 de Junho e, é esperado, que movimente cerca de 190 milhões neste ano.

A questão divide o partido e será decidida, na votação, pelo centrão. O prefeito já se movimenta para convencer co-partidários a votar contra novo projeto

Alguns links interessantes caso queira saber mais:

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100324/not_imp528373,0.php

http://blog.aguiabrasil.com.br/?p=44

http://vejasp.abril.com.br/revista/edicao-2158/carlos-apolinario-kassab-vereador-dem-leis-polemicas

http://www.ntgospel.com/v3/noticias/no-brasil-e-no-mundo/3257.html

http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/03/25/vereador-tenta-barrar-parada-gay-na-paulista/

http://feiradefruta.wordpress.com/2010/03/24/vereador-carlos-apolinario-tenta-barrar-parada-gay-na-paulista/

Anúncios

Metrô é trocado por monotrilho e desagrada usuários do transporte

24 Mar

Moradores da região de Vila Prudente e Cidade Tiradentes, região afetada pela medida estatal, organizam encontro na Câmara de SP

Marcio dos Anjos
Fotos: Douglas Alves Mendes

Os R$ 21 bilhões investidos no programa, do governo e da prefeitura paulistano, “Expansão de SP”, que pretende expandir a malha metroviária para as regiões metropolitanas (http://www.expansao.sp.gov.br/oprojeto.php), e reformar antigas estações (http://www.youtube.com/watch?v=RsS5KVAuSPw), parece não causar bons efeitos na população (http://www.chicomacena.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=456&Itemid=67). Além de acusarem Serra por “propagandismo” (http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=28378), o programa estatal não está agradando também os moradores dos distritos de Vila Prudente e Cidade Tiradentes. O que motivou, nesta segunda (22), a palestra “Metro x Monotrilho”, ocorrida na Câmara Municipal de São Paulo, organizada pelo PT e PC do B da mesma Casa.
Os mais de 300 moradores, que lotaram o auditório da Câmara, protestaram contra a medida de Serra e Kassab, a qual pretende implantar, ao invés de metrôs padrões, monotrilhos – espécie de trem com pneus que trafega em vias elevadas -, no trecho da Linha2 Verde (trecho Vila Prudente-Cidade Tiradentes).

Pouca integração
“Por mais que sejam importantes os investimentos, é necessário pensar em políticas de planejamento que facilitem a integração e priorização do transporte público”, afima um dos palestrantes, Carlos Bicarlho,superintendente da ANTP (Associação Nacional dos Transportes Públicos).
Bicarlho ainda afirma que os órgãos do governo – CET, Secretaria de Transpportes, etc. – têm priorizado o transporte público e, em contrapartida, falhado na política de transportes. “Nós precisamos saber se, numa rua que é pública, nós daremos prioridade ao transporte público, que leva muitas pessoas, ou ao transporte privado, que leva poucas”, completa.
Ao que o vereador João Antônio (PT) concorda: “A atual gestão [se referindo a do DEM, na prefeitura, e do PSDB, no governo] não tem dado relevância para uma política de planejamento que integre os transportes”, coloca. “A cidade tem uma dependência estrutural para com a melhoria do sistema de transporte coletivo”, termina.

Olá,

18 Mar

Se se pensa que o papel do jornalista é, mais do que apenas transmitir, “traduzir” certo politiquês ou economês para os que o desconheçam; se se pensa que é levar ao público informações que não parecem relevantes, mas que no fundo o são;se se pensa que é “tornar vísivel” certas ações, pessoas e situações, que por qualquer força, estão invisíveis; então, este blog tem sua razão-de-ser protegida sob critérios e razões justificáveis.

Politicagem SP é uma criação dos estudantes – Larissa Abdalla, Leonardo Saldiva e Marcio dos Anjos – de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, que procura, assumindo os pressupostos acima, trazer notícias sobre o que está acontecendo na Câmara dos Vereadores e a Assembléia Lelislativa da cidade de São Paulo.

Aqui você encontrará a cobertura completa de todos os “trâmites” do corpo legislativo de nossa capital. O que se passa de mais atual na economia, no esporte, nas políticas culturais e educacionais…  será objeto de nossa reportagem e de nossa avaliação.

Em suma, esperamos que você não só uma boa leitura, mas também uma boa participação (críticas, comentários, sugestões de pauta, etc.).

Muito Obrigado.

Politicagem SP